INTRANSE é uma instalação sonora e luminosa, das artistas Camille Laurent e Stefanie Egedy, na qual o público experiência um espaço movimentado por ondas de baixa frequência sonora e luz. A instalação perturba os sentidos ao estimulá-los a embarcar em um universo formado pela junção de diferentes linguagens, que juntas criam um universo próprio. Nessa instalação o visitante participa de uma  "realidade espaço-sensorial" desenhada pelas artistas, mas criada por cada um.

No trabalho, apresenta-se diferentes formas sonoras e luminosas refletidas pelo espaço por meio de paredes espelhadas. Os espelhos recebem e deformam a luz, enquanto o som se transforma ao se deslocar pelo espaço. O público se movimenta pelo ambiente, o seus sentidos, tato, audição e visão recebem estímulos, assim todos são atores da criação do ambiente imersivo. As ondas de baixa frequência sonora são sentidas na pele, preenchem o espaço, graças a pressão que elas exercem no ar.  É uma chamada para ver, sentir a luz e o som por meio de uma outra perspectiva.

INTRANSE é um convite para uma viagem sensorial.